Aurora

À Quintana:

E todos aquilos
que um dia estiveram atravancando o meu corpinho
(...)

Eles passaram.
Eu passarinho! v.V

_Aline, 21/03/2015.



quinta-feira, 15 de julho de 2010

Quem sou eu:

Posso ser de tudo um pouco
Cada dia uma
Depende do tempo
Se tem sol ou tempestade
E toda auto descrição será limitada
Tenderei a enfatizar minhas qualidades
(para conquistar tua admiração)
Ou...
Num surto de modéstia ou melancolia
Realçarei meus defeitos e angústias
(talvez, pra despertar tua compaixão)
Mas a descrição permanecerá insuficiente
Primeiro
Pela razão de sermos seres inacabados
Em constante metamorfose
Depois
Porque por mais que eu diga de mim
O teu olhar é que me fará mais bela ou mais fera.


(Aline Barra - 15/07/2010)