Aurora

À Quintana:

E todos aquilos
que um dia estiveram atravancando o meu corpinho
(...)

Eles passaram.
Eu passarinho! v.V

_Aline, 21/03/2015.



segunda-feira, 15 de setembro de 2014

________________________________quem é a Mulher Barbada:


era confeiteira de sonhos

mas comeu vazios
e teve penas sem ar

aí foi ao círculo
ganhou trapézios pernas voz e fome

e agora alimenta desejos
come a vontade 
e tem peito
(s)



_Aline, 15/09/2014.




Diálogo com a canção "A Mulher Barbada" de Adriana Calcanhoto: http://www.youtube.com/watch?v=xSs5iZt2XFU