Aurora

À Quintana:

E todos aquilos
que um dia estiveram atravancando o meu corpinho
(...)

Eles passaram.
Eu passarinho! v.V

_Aline, 21/03/2015.



quarta-feira, 18 de março de 2015

Prezados,

o Psicodelismos em prosa cumpriu seu tempo, e encerra aqui sua prosa.
Estou elaborando um novo blog, que, por enquanto, tem por nome "Aurora", ou seja, está alvorecendo. Assim que raiar, compartilharei aqui o novo link.

Agradeço muitíssimo o carinho e a presença de todos que estiveram comigo nestes cinco anos de vida prosaica!

Há braços! E até breve!
Aline,
18/03/2015.

2 comentários:

  1. "Há tantas auroras que não brilharam ainda". (epígrafe do livro Aurora de Nietzsche).

    ResponderExcluir
  2. Simmmm, Robert, tenho essa inscrição no meu facebook, é do Rig Veda, o livro dos hinos, o mais importante dos Vedas.

    ;)

    ResponderExcluir